Central Telefônica: 71 3203.5555 . Centro Médico: 71 3203.3400 . Marcação de Exames: 71 3203.5601

Notícia

HOME / Hospital / Notícias / 2012 / Maio / O papel do Assistente Social no acolhimento ao paciente

O papel do Assistente Social no acolhimento ao paciente

O papel do Assistente Social no acolhimento ao pacienteA atuação colaborativa do assistente social com os demais profissionais da saúde é uma busca permanente. A prática cotidiana desse profissional tem reforçado a necessidade de conhecimentos multidisciplinares e interdisciplinares para alcançar uma visão ampla do paciente, considerando suas circunstâncias sociais, econômicas e culturais, visando contribuir para uma assistência humanizada e qualificada.

Nesse contexto, a intervenção do assistente social tem ampliado a sua perspectiva ao entender que o processo saúde-doença também é determinado socialmente. Por isso, o profissional considera os aspectos emocional e social do paciente como fatores determinantes para a evolução do tratamento. À medida que o paciente mostra-se fragilizado devido à enfermidade, algumas vezes agravada por problemas sociais e familiares, necessita ser acolhido e ouvido, tendo espaço para expressar suas angústias, esclarecer dúvidas e ser percebido em sua amplitude.

Considerando esses aspectos, os profissionais do Serviço Social do Hospital Português integram a equipe interdisciplinar da instituição filantrópica. Duas assistentes sociais compõem as equipes da Unidade de Emergência Geral e do Serviço de Nefrologia, enquanto três profissionais atuam em conjunto com as equipes das Unidades de Internação, UTI’s, Maternidade Santamaria, Radioterapia, Oncologia, Emergência Ortopédica, Emergência de Otorrinolaringologia, Bioimagem e Departamento de Sócios. A realização das atividades conta ainda com o apoio de quatro estagiárias e um auxiliar administrativo do setor.

Nos ambientes em que atua, o assistente social intervém planejando, organizando e promovendo o atendimento de forma integral e humanizada, identificando os aspectos sociais, econômicos e culturais relacionados ao processo do adoecer. O profissional também encaminha e intermedia solicitações provenientes da hospitalização, oferecendo ao paciente novas perspectivas diante do tratamento, orientando e esclarecendo os familiares sobre a importância de participarem do processo de hospitalização, resgatando e reconstruindo vínculos, que muitas vezes encontram-se fragilizados. 

       
ANAHP - Associação Nacional de Hospitais Privados ONA - Organização Nacional de Acreditação
   
Av. Princesa Isabel, 914, Barra Avenida, 40.140-901, Salvador, Bahia.
71 3203.5147 71 3203.5555 71 3203.3400 71 3203.5601