Central Telefônica: 71 3203.5555 . Centro Médico: 71 3203.3400 . Marcação de Exames: 71 3203.5601

Notícia

HOME / Hospital / Notícias / 2018 / Janeiro / Folia mirim

Folia mirim

Folia mirimDentro do aspecto da criação de um mundo lúdico e fantasioso, bem comum às crianças, as cores e toda a alegria existentes no Carnaval são elementos que só trazem benefícios para os pequeninos. Além disso, o contato com outras crianças da mesma faixa etária, naquele ambiente de música e descontração, ajuda muito na interação e na criação de laços importantes para seu desenvolvimento. Mas, é preciso levar em consideração alguns aspectos relacionados, também, aos riscos que a falta de atenção dos pais podem trazer para seus rebentos.

Primeiramente, é sempre bom salientar que o Carnaval dos adultos não é o mesmo das crianças. É imprescindível que a folia infantil aconteça em um ambiente com acesso controlado, com músicas tocando em volume não muito alto para não causar danos à audição ainda em formação dos pequenos e, o mais importante, com segurança e tranquilidade para que tanto eles quanto os pais possam curtir a festa sem estresse.

Para a Dra. Irene Ávila, pediatra e chefe da UTI Neonatal da Maternidade Santa Maria, o local escolhido é de suma importância. “Para o conforto das crianças, é melhor que as festas aconteçam em local fechado, onde elas possam estar fora do alcance do sol e do calor intenso que costuma fazer durante o Carnaval em Salvador”, explica. Por isso, optar por festas organizadas fora do circuito de Carnaval e que oferecem maior controle e vigilância para a segurança dos foliões mirins é uma boa opção para a tranquilidade tanto deles quanto dos papais e mamães presentes.

Uma vez garantido todos esses aspectos, basta lembrar de vesti-los com roupas leves e confortáveis, que os permitam dar vazão aos movimentos e a toda aquele energia. Como as fantasias são itens muito pedidos, basta que se fique atento aos elásticos que podem apertar a pele, ou aos tecidos que podem causar irritação.  “Além disso, é importante levar alimentos leves e práticos, como frutas ou mesmo sucos, para evitar desidratação”, ratifica Dra. Irene.

No mais, com toda segurança e atenção, é permitir que as crianças criem seus mundos lúdicos naqueles dias alegres de Momo. 

Clique no link abaixo e leia a Revista Imagem Real de Janeiro/18 completa:
http://www.hportugues.com.br/imprensa/revista-imagem-real 

       
ANAHP - Associação Nacional de Hospitais Privados ONA - Organização Nacional de Acreditação Creditação  Qmentum
   
Av. Princesa Isabel, 914, Barra Avenida, 40.140-901, Salvador, Bahia.
71 3203.5147 71 3203.5555 71 3203.3400 71 3203.5601