Central Telefônica: 71 3203.5555 . Centro Médico: 71 3203.3400 . Marcação de Exames: 71 3203.5601

Notícia

HOME / Hospital / Notícias / 2018 / Outubro / Mitos e verdades sobre a doação de órgãos

Mitos e verdades sobre a doação de órgãos

10 October 2018

Centro de referência em transplantes de órgãos, com histórico de excelência e vanguarda nos Programas de Transplantes de Fígado e Rim, o Hospital Português atua, também, na mobilização e conscientização da comunidade para ampliar o número de doações e, consequentemente, elevar o volume de cirurgias transplantadoras. No mês dedicado a esta causa, a Instituição fortaleceu a Campanha Setembro Verde, promovendo evento aberto ao público e aos profissionais da saúde, enfocando os mitos e verdades sobre a doação de órgãos, no dia 12.

Para desconstruir o preconceito relacionado ao tema e estimular mais pessoas a praticarem o gesto solidário, o encontro teve a participação da Central Estadual de Transplantes, do Banco de Olhos da Bahia, da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes (CIHDOTT) do HP e de especialistas do Programa de Transplantes de Fígado da Instituição.

Na oportunidade, o público conheceu o histórico de êxito do HP nesta área e a atual qualidade de vida dos pacientes transplantados de fígado; descontruiu mitos relacionados à venda ou tráfico de órgãos, conhecendo as etapas do sistema informatizado de transplantes (desde o cadastro de pacientes até à distribuição do órgão doado) e, também, a fiscalização periódica dos centros transplantadores cadastrados; e percebeu a importância de diminuir o tempo de espera atual por uma córnea na Bahia (cerca de 11 meses), através da doação.

“A informação pode salvar vidas. Utilizamos este instrumento poderoso para sensibilizar as famílias de potenciais doadores e lembrar que a solidariedade dá novo significado ao sentimento de perda”, destaca a atual coordenadora da CIHDOTT do HP, Dra. Raquel Hermes. A conscientização sobre a doação de órgãos motivou, também, a realização de uma enquete, com 380 colaboradores do HP, em julho e agosto, para identificar o nível de conhecimento dos profissionais da saúde acerca do tema, a partir das perguntas: Você é doador de órgãos? Se não é doador, assinale um ou mais motivos. Se precisasse, você ou um membro de sua família receberia um órgão ou tecido doado de um falecido?

O resultado da enquete foi compartilhado pelo HP no evento educativo. “Mostramos que a maioria dos profissionais ouvidos (58%) afirma conhecer o assunto e se declara doador de órgãos. Mas, quase um quarto dos participantes se declara não doador, principalmente, por nunca ter pensado sobre o tema ou não ter opinião formada, ainda. Esses dados vão apoiar novas ações educativas para sensibilização do público”, observa a especialista. No ano passado, o Brasil realizou 27 mil transplantes de órgãos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Este volume pode ser ainda maior, se houver um crescimento no número de doadores.

       
ANAHP - Associação Nacional de Hospitais Privados ONA - Organização Nacional de Acreditação Creditação  Qmentum
   
Av. Princesa Isabel, 914, Barra Avenida, 40.140-901, Salvador, Bahia.
71 3203.5147 71 3203.5555 71 3203.3400 71 3203.5601