Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

Avanços na Neurocirurgia — Hospital Português da Bahia

6 de agosto de 2006

Avanços na Neurocirurgia

06 August 2006

Avanços na NeurocirurgiaDoenças como o aneurisma cerebral, presente em em cerca de 2 a 5% da população mundial, e o mal de Parkinson, que, só nos Estados Unidos e Canadá atinge 1,2 milhão de pessoas, hoje contam com alternativas de tratamentos cirúrgicos seguras e eficazes não só para os pacientes, mas também para os médicos.

Acompanhando de perto esse avanço, o Hospital Português tem realizado investimentos constantes e reunido profissionais de peso. Entre as novidades na área estão aquisição de equipamentos de última geração e a incorporação de novos neurocirugiões ao Centro Médico.

O Hospital dispõe de tecnologia para realizar os mais avançados tipos de neurocirurgia, sendo pioneiro na Bahia, inclusive, na realização de técnicas como a Cirurgia Estereotáxica Guiada por Computador, utilizada para o diagnóstico histológico (biópsias), procedimentos cirúrgicos e para a destruição de alvos anatômicos alcançados pela técnica. 

Além de equipamentos como o microscópio cirúrgico de última geração (aparelho que  aumenta o campo cirúrgico e auxilia nas operações vasculares como os aneurismas e malformações artério-venosas, e cirurgias de tumores), craniótomo / drill / trépano de última geração e avançado instrumental cirúrgico, o Hospital conta com os serviços da Hemodinâmica, na especialidade da Neurorradiologia Intervencionista, e da Unidade de Terapia Intensiva, serviço que oferece total suporte para o minucioso acompanhamento do paciente no pós-operatório, inclusive com a acompanhamento da pressão intracraniana.

Aliando o conhecimento ao aparato tecnológico, o Hospital Português reúne profissionais de excelente qualidade com experiência internacional na área da neurocirurgia. Atualmente, o Centro Médico conta com cerca de 10 cirurgiões neurológicos altamente capacitados para o atendimento de casos que exijam cuidados especializados.

Alta complexidade

Doenças funcionais, como o mal de Parkinson, quando não respondem a tratamentos medicamentosos, podem ser beneficiadas pela Cirurgia Estereotáxica Guiada por Computador, cirurgia de grande precisão que alcança áreas às vezes quase inatingíveis do cérebro, sem afetar outras partes. Essas doenças podem ser tratadas pela técnica com grandes benefícios em relação ao tempo de internação, custo global do procedimento, redução de complicações e diminuição da agressão ao organismo, durante as cirurgias.

Considerada um dos pilares da neurocirurgia, a  Estereotaxia Guiada por Computador pode ser utilizada também para outros fins como o diagnóstico de pequenos tumores cerebrais abaixo de 2 mm de diâmetro localizados em profundidade, a realização de biópsias seguras feitas apenas com anestesia local e o paciente acordado, no planejamento da cirurgia em si e na localização exata de tumores, permitindo assim uma cirurgia direcionada com a craniotomia dirigida em cima do alvo.

Outro avanço na área é a Neurorradiologia Intervencionista, especialidade terapêutica de alta eficiência, que coloca-se como alternativa viável e segura, em muitos casos, de terapia de escolha das patologias vasculares e de várias patologias não vasculares do sistema nervoso. Especialidade oferecida pelo Serviço de Hemodinâmica, é utilizada para o diagnóstico e tratamento, por via endovascular, de doenças como o aneurisma cerebral. O procedimento é feito através do aparelho de Angiografia, equipamento que permite visualizar os vasos sangüíneos mediante injeção de contraste nesses vasos e utilização de Raios X.