Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

“Quem não vive para servir, não serve para viver” — Hospital Português da Bahia

15 de fevereiro de 2007

“Quem não vive para servir, não serve para viver”

15 February 2007

Chegar ao Sesquicentenário aliando modernidade, eficiência e excelência em serviços de saúde, é uma vitória que se deve a muitas pessoas e organizações parceiras. Colaboradores, médicos, convênios, fornecedores, associados, comunidade religiosa e toda a sociedade baiana tem muito a comemorar.

Assim, como a edição anterior do Jornal Imagem Real foi especial por narrar a trajetória do Hospital Português, este número é um verdadeiro registro de todos os eventos realizados no mês do seu aniversário.

Mais uma vez, a Diretoria do Hospital Português, em nome de todos os envolvidos, ressalta que estas ações seriam impossíveis sem nossos parceiros, patrocinadores e o apoio de tantos que validam a seriedade como conduzimos nossa Instituição.

Assim agradecemos e parabenizamos à Comunidade Religiosa, em nome do querido Cardeal D. Geraldo Magella Agnelo, ao Grupo de Liturgia, na pessoa do Dr. Carlos e de D. Virgínia Cunha, aos inspirados Arautos do Evangelho, ao amigo Francisco Sena e Professora Socorro Martinez, ao Projeto Axé, aos grupos de dança que se integraram ao nosso Balé Real, às inúmeras autoridades, médicos, gestores de convênios, associados, amigos e parceiros que puderam estar presentes aos eventos.

Em especial, queremos louvar aos brilhantes colaboradores que integraram direta ou indiretamente o espetáculo “Hospital Português, uma história em movimento”. A veia artística que demonstraram nos orgulha e nossos sinceros agradecimentos se estendem desde os idealizadores do espetáculo, ao talentoso elenco de profissionais que dispensaram horas importantes em ensaios. À direção técnica, nosso reconhecimento pela capacidade demonstrada em lapidar estas jóias que temos em nosso quadro.

Para finalizar, o nosso muito obrigado à Comissão do Sesquicentenário, que abraçou todas as comemorações com extremo cuidado e discernimento.

Diretoria do Hospital Português da Bahia
Gestão 2005/2007