Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

Reconhecimento em Sessão Solene — Hospital Português da Bahia

15 de fevereiro de 2007

Reconhecimento em Sessão Solene

15 February 2007

Reconhecimento em Sessão SoleneO lançamento do selo postal e do carimbo comemorativo em homenagem aos 150 anos de fundação da Real Sociedade Portuguesa de Beneficência  Dezesseis de Setembro foi o ponto de partida da Sessão Solene – realizada dia 5 de janeiro, no Auditório do Centro Médico -, em comemoração ao Sesquicentenário. Autoridades do Brasil e de Portugal, colaboradores,  parceiros e amigos do Hospital Português prestigiaram a solenidade, que destacou a importância dos serviços prestados pela Instituição para a sociedade baiana.

“As peças são o reconhecimento dos Correios ao trabalho de excelência na prestação de saúde realizado pelo Hospital Português”, afirmou a diretora adjunta dos Correios – Bahia, Alda Lúcia Neiva Pinheiro. Ela ressaltou a postura socialmente responsável da Instituição, enfatizando a relevância do atendimento à população de baixa renda.

Na solenidade de  lançamento, o selo postal e o carimbo comemorativo foram assinados pelo presidente do Hospital, Armindo Carvalho, pela secretária do Conselho  Deliberativo, Maria das Graças Laranjeira, e pelo chefe do Gabinete do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, Simeão Pinto de  Mesquita. Essas peças passaram a fazer parte do acervo filatélico dos Correios.

“Parabéns a todos que constróem, no dia-a-dia, a história da Real Sociedade e do Hospital Português, que sabem levar a solidariedade ao exemplo máximo, acolhendo tanto os portugueses que aqui vivem quanto a  sociedade baiana”, disse o secretário Simeão Pinto de Mesquita. “Festejar o Sesquicentenário me enche de orgulho. Sinto-me feliz e realizado por dirigir o Hospital. É uma forma de prestar serviço à sociedade, de me doar”, resumiu o presidente Armindo Carvalho.

O presidente da Confederação das Santas Casas  e Instituições Filatrópicas, Antônio Brito, afirmou que ao completar 150 anos,  a Instituição é motivo de orgulho para o Estado da Bahia, pois, no Brasil, tem sido cada vez mais difícil manter entidades beneficentes. Ele elogiou os recentes investimentos realizados pelo Hospital Português, em equipamentos e ampliação.

“Uma Instituição filantrópica só se mantém saudável e moderna, equilibrando receitas e despesas, quando conta com líderes competentes e abnegados. Que essa organização continue assim, servindo aos baianos que, como eu, nasci no Hospital Português”, disse.

O embaixador de Portugal, Francisco Seixas da Costa, ressaltou a capacidade de liderança e a coragem daqueles que criaram e dos que mantêm vivo o trabalho do Hospital. “Estou muito feliz por participar de um momento tão importante para essa entidade luso-brasileira. Para nós, portugueses, é um grande orgulho ver uma obra desse porte em tão bom caminho”.

O professor de arquitetura Francisco Sena proferiu palestra  inserindo a história da Real Sociedade Portuguesa de Beneficência Dezesseis de Setembro no contexto da história do Brasil, de Portugal e das beneficências. A Sessão Solene foi encerrada com um convite às pessoas para  participarem de um coquetel, prestigiando o trabalho do Grupo Experimental de Câmara do Projeto Axé (ONG baiana que atende a crianças e adolescentes em situação de risco social), que apresentou um repertório de clássicos da música Popular Brasileira.