Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

O paciente ganha um novo rosto e uma nova vida social — Hospital Português da Bahia

18 de maio de 2007

O paciente ganha um novo rosto e uma nova vida social

18 May 2007

O paciente ganha um novo rosto e uma nova vida socialEm entrevista ao jornal Imagem Real, os  cirurgiões do Centro Médico Hospital Português, Dr. Onaldo Aguiar, professor de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial da Universidade  Federal da Bahia (Ufba) e da Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) e Dr. Fernando Bastos Jr., também especialista em Cirurgia Buco-Maxilo-Facial,  mostram a evolução desse tipo de cirurgia ao longo da história da Medicina.

Em que consiste a cirurgia bucomaxilo-facial e o que são as cirurgias ortognáticas?

A Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial é a especialidade odontológica que tem como objetivo o diagnóstico e os tratamentos cirúrgicos e coadjuvantes das doenças, traumatismos, lesões e anomalias congênitas ou adquiridas do aparelho mastigatório e anexos e estruturas craniofaciais associadas. A cirurgia ortognática (do grego orto – acertar; gnática – mastigação) é uma modalidade cirúrgica, que é praticada pelo especialista em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial e que tem como objetivo corrigir os distúrbios relacionados ao posicionamento inadequado dos maxilares. Além da cirurgia ortognática, o especialista em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial realiza rotineiramente procedimentos envolvidos na recuperação de estruturas dento-alveolares, por meio de enxertos ósseos e implantes dentais. O trauma de face e as patologias orais também fazem parte da atuação do especialista.

Como tem sido a evolução dessa cirurgia ao longo da história?

Ao longo dos anos, a cirurgia ortognática se estabeleceu como sendo um  procedimento seguro, com técnicas operatórias comprovadas por diversos estudos científicos publicados na literatura especializada. Atualmente, os procedimentos cirúrgicos são realizados por acessos intra-orais – o que evita  cicatriz na pele -, em ambiente hospitalar sob anestesia geral. Os objetivos atuais dessa cirurgia são: possibilitar a correção de oclusões dentárias, deixando os dentes em posição periodontal saudável, a face em equilíbrio e harmonia, as articulações têmporo-mandibulares estabilizadas e as vias respiratórias otimizadas, atentando-se na diferença entre as faces humanas femininas e masculinas, e com potencial para serem desenvolvidas e aplicadas em diferentes grupos étnicos e diferentes faixas etárias. A cirurgia corrige a deficiência e o paciente ganha um novo rosto e uma nova vida social.

Em quais casos ela é necessária?


A cirurgia ortognática é indicada para pacientes com alterações dento-esqueléticas  como, por exemplo, o prognatismo ou retrognatismo mandibular ou maxilar, excesso ou deficiência vertical da maxila, ou a combinação deles, em que o tratamento com aparelho ortodôntico por si só não resolve o problema ou então necessite da cirurgia esquelética como auxílio ao tratamento.

Quais os pré-requisitos para se submeter a ela?

Os requisitos são: estar com bom estado geral de saúde, fazer o tratamento  ortodôntico  prévio, procurar bons cirurgiões buco-maxilo-faciais e realizar a  cirurgia em hospital que tenha infra-estrutura e recursos de suporte para o paciente. A orientação é que pacientes em crescimento não façam esse tipo de cirurgia, pois pode haver recidiva do quadro com o crescimento facial. Portanto, recomendasse que esse tipo de cirurgia seja feito, de preferência, a partir dos 18 anos de idade.

Como é a recuperação do paciente?

A recuperação do paciente tem, nos primeiros dez dias de pós-operatório, o período que exige mais cuidados e seguimento das orientações dadas pelo  cirurgião. São prescritos remédios e após quinze dias o edema (inchaço) está bastante reduzido, o que permite que a pessoa retome suas atividades rotineiras, com restrição da prática de esportes e da dieta, que tem que ser líquida ou  pastosa, por um período aproximado de quarenta e cinco dias. Além disso, a higiene bucal tem que ser rigorosa.

É uma cirurgia muito procurada? Por quê?

Atualmente, a procura por esse tipo de cirurgia tem aumentado na Bahia, devido à formação de um maior número de bons profissionais, tanto na especialidade de cirurgia buco-maxilo-facial, quanto na de ortodontia. A segurança da técnica  permite que os profissionais ofereçam esses serviços com previsibilidade de resultados.

O Hospital Português tem infraestrutura adequada para realizar esse tipo de procedimento?

Sim. O Hospital Português tem infraestrutura, instalações, equipamentos e serviços de suporte que permitem realizar qualquer tipo de cirurgia buco-maxilo-facial, incluindo aí as cirurgias ortognáticas, com total segurança para o paciente. Além disso, os cirurgiões buco-maxilo-faciais que trabalham no Hospital têm competência e excelente formação na área.