Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

Gestão estratégica — Hospital Português da Bahia

7 de julho de 2007

Gestão estratégica

07 July 2007

Um dos melhores e mais modernos centros de saúde do Brasil, o Hospital Português consolida um modelo de gestão que alia valores – como dedicação, fé, união e transparência – ao profissionalismo, à competência e à visão estratégica. No mês de junho, a eleição bienal da Assembléia Geral Ordinária e a Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo demonstraram que essa filosofia de trabalho  será mantida na Gestão 2007-2009.

A Assembléia Geral Ordinária elegeu, no dia 13 de junho, no Auditório Adélia Carvalho, do Centro Médico Hospital Português, um terço dos 54 membros do Conselho Deliberativo: foram 19 conselheiros, sendo que 18 deles com mandato até 2013, e uma conselheira com mandato até 2009. A chapa única foi eleita com 233 votos – dos 239 associados presentes, com direito a voto – registrando-se, ainda, três votos em branco e três ausências na chamada nominal.

Renovado, o Conselho Deliberativo reuniu-se em caráter ordinário, com 35 conselheiros votantes, no dia 21 de junho, também no Auditório Adélia Carvalho, para eleger a Mesa do Conselho – composta por presidente, vice-presidente e dois secretários – a Comissão Fiscal (formada por quatro membros), além de eleger o presidente e dois vice-presidentes da Diretoria Executiva. Armindo Carvalho foi reeleito presidente da Diretoria Executiva, para a Gestão 2007-2009; no cargo há quatro anos, ele ficará mais um biênio. Pelo estatuto, o mandato dos membros da Diretoria Executiva tem duração de dois anos e pode ser renovado por dois períodos.

O presidente Armindo Carvalho teria até 90 dias para apresentar os nomes dos sete outros conselheiros que comporão a Diretoria Executiva, mas preferiu se antecipar, apresentando esses nomes na mesma reunião – dia 21 de junho; os diretores foram aprovados por unanimidade pelo Conselho Deliberativo. A posse da nova Diretoria Executiva aconteceu no dia 3 de julho, na Sala de Reuniões do Hospital Português.

De acordo com o presidente do Conselho Deliberativo, Adinoel Motta Maia, a eleição de um terço dos membros do Conselho é muito mais que uma mera renovação política. “Representa a continuidade de um modelo de gestão profissional, moderno, com critérios estratégicos e foco em resultado”, diz. Ele afirma que esse tem sido o perfil da administração do Hospital Português nos últimos 15 anos.

O presidente da Diretoria, Armindo Carvalho, ressalta que a visão empresarial e empreendedora continuará sendo a marca da Diretoria Executiva, lembrando que o Hospital passa por um processo de ampliação. Está sendo construído um novo prédio, de 13 pavimentos, que disponibilizará mais de 60 leitos, novos Serviços – Day Hospital, Centro Cirúrgico, Centro Obstétrico, Neonatologia, etc.. “A diversificação dos Serviços, a melhoria contínua dos processos e do atendimento, além dos investimentos em novas tecnologias e em equipamentos de última geração, colocaram esta Instituição no rol das melhores do País; nossa missão é manter viva essa filosofia de qualidade e excelência”, resumiu.