Notícias Fique por dentro das novidades

Assistente Social busca bem-estar de pacientes e familiares — Hospital Português da Bahia

10 de Maio de 2009

Assistente Social busca bem-estar de pacientes e familiares

10 May 2009

Assistente Social busca bem-estar de pacientes e familiaresPriorizando sempre o bem-estar coletivo e a integração do indivíduo na sociedade, os assistentes sociais têm atuação ampla, estando presentes em áreas como educação, família, saúde, habitação, trabalho, lazer, reabilitação e previdência social. No Hospital Português, seis profissionais formam a equipe de assistentes sociais, sendo quatro com atendimento direcionado para pacientes e familiares e duas voltadas para colaboradores. Com o papel de orientar, planejar e promover uma vida mais saudável para as pessoas, a importância desses profissionais é ainda mais ressaltada em 15 de maio, quando se comemora o Dia do Assistente Social.

Na rotina do Hospital Português, as atribuições das assistentes sociais de pacientes e familiares vão desde esclarecer e orientar os pacientes sobre seus direitos e prestar informações administrativas, passando por encaminhá-los para realização de exames externos, solicitar ambulância e transferência hospitalar, até dar apoio e acolhimento aos familiares.

Já o atendimento voltado para colaboradores envolve desde a parte de assistência médica e benefícios até projetos e ações de incentivo, passando por programas de preparo para aposentadoria e encaminhamento para reabilitação profissional. “O foco é sempre o bem estar do outro”, destaca a assistente social Viviane Conceição”. A assistente social Gabriela de Felice ressalta as amplas possibilidades de atuação das assistentes sociais, a exemplo da área assistencial, de recursos humanos, terceira idade e crianças em situação de risco. “É preciso sempre saber escutar. O Serviço Social do Hospital Português sempre deixa as portas abertas para o colaborador nos procurar sempre que precisar”, enfatiza

Há 12 anos no Hospital Português, a assistente social Célia Aquino observa que o trabalho da sua equipe funciona como “um elo de ligação entre a parte médica, a enfermagem, o paciente e familiares”. “Minha maior satisfação na profissão é quando consigo resolver os problemas e atender as solicitações dos pacientes e familiares”, diz a assistente social Lucíola Miranda.

A assistente Semady Coelho aponta como pré-requisitos importantes para ser uma bom profissional de Serviço Social, ter interesse pelo bem-estar social, gostar de trabalhar com pessoas, ser comunicativo e ter espírito investigativo e dinâmico. “É importante também ter sensibilidade e equilíbrio emocional”, acrescenta a assistente social Clara Novaes.

Com a intenção de oferecer uma assistência ainda melhor ao público, o Serviço de Assistência Social do Hospital Português em breve terá novidades, como a implantação da Unidade de Atenção ao Cliente, que vai registrar queixas, sugestões, críticas e elogios de pacientes, acompanhantes e familiares. O Setor também está em fase de elaboração do Guia do Paciente, com orientações sobre seus direitos e deveres.