Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

Time de resposta rápida — Hospital Português da Bahia

1 de julho de 2014

Time de resposta rápida

01 July 2014

Enquanto inúmeras seleções representam os seus países, um time se mantém preparado para entrar em campo a qualquer momento e ocupar a posição de ataque, de forma veloz e estratégica, sendo capaz de salvar vidas. É o Time de Resposta Rápida do Hospital Português. Mais conhecido como TRR, o grupo está pronto para agir em situações inesperadas, sempre que o médico titular não esteja presente. Formado por médicos emergencistas, o TRR visa garantir atendimento rápido nas Unidades de Internação aos pacientes em situação de gravidade súbita. Para atingir esta meta, a seleção de especialistas atua ininterruptamente, nas 24 horas do dia, resguardando a segurança do paciente no enfrentamento de doenças e de suas intercorrências. “Os times especializados no atendimento de emergências seguem protocolos gerenciados por tempo, a fim de obterem o melhor desempenho neste campeonato que não segue calendário e não tem previsão de encerramento. Entretanto, cada vida salva representa uma vitória, digna da mais cobiçada taça do mundo”, pondera o gerente técnico, Dr. Mário Rocha.

A princípio, o TRR surgiu para aprimorar a rapidez e eficiência no atendimento de pacientes com parada cardiorrespiratória. Contudo, os avanços na área, somados à observação dos resultados alcançados, permitiram perceber que alguns sinais constituem indicativos de agravo da condição do paciente, sinalizando que uma parada cardiorrespiratória poderia ocorrer. Hoje, há o entendimento geral de que, nessas situações, a intercorrência representa um alerta precoce de que a intervenção rápida pode, em muitos casos, evitar a piora do quadro clínico do paciente, minimizando danos e possíveis sequelas. “A resposta ao tratamento instituído está relacionada à precocidade da intervenção. Os profissionais de saúde entendem que a composição de times de ação ou resposta rápida interfere positivamente no desfecho dos pacientes. Esses profissionais levam sua expertise em cuidados críticos à beira do leito e aonde mais for necessário”, destaca.

Além de compor o Time de Resposta Rápida, o Hospital Português ainda investe em check-lists – para que as equipes assistenciais, que utilizam materiais e equipamentos específicos, sigam o mapeamento das rotas e estações de parada, facilitando o seu deslocamento, o acesso ágil e a comunicação segura. As equipes da assistência também são treinadas para avaliar de forma criteriosa a abertura de cada chamado do TRR, a fim de acioná-lo apenas nas situações de real necessidade de atendimento emergencial. Um escore realizado pela equipe de enfermagem do HP determina objetivamente a necessidade do chamado médico e sua ordenação como prioridade. Embora esse escore sirva como indicador, os profissionais de enfermagem possuem autonomia para acionar o TRR, caso percebam gravidade na condição do paciente.