Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

Carinho de pais para filho — Hospital Português da Bahia

3 de outubro de 2014

Carinho de pais para filho

03 October 2014

Os primeiros passos da vida do recém-nascido são dados pelos pais. Daí a importância do papel dos primeiros cuidadores do bebê para o seu pleno desenvolvimento. Estudos apontam que a criança que recebe carinho e atenção dos pais cresce com autoestima, se sentindo segura e capaz de lidar com as diferentes situações da vida. Dr. Fábio Caribé, pediatra do Hospital Português, destaca os laços afetivos construídos entre pais e filhos ainda pequenos como desencadeadores do desenvolvimento psicossocial infantil. Esse estímulo deve ser iniciado ainda na gestação. Ao completar 10 semanas o coração do bebê já está formado e os pais podem senti-lo. Assim, a mãe deve acalmar-se para acalmá-lo também. Com 24 semanas a audição já está desenvolvida, por isso, conversar com o bebê vai estimular o reconhecimento de quem está a sua volta. “O mais importante é o estímulo. O contato desperta na criança a necessidade de interagir em todos os seus aspectos. E um ambiente emocional e social sadio faz toda a diferença nesse momento de descobertas”, informa.

O especialista ressalta ainda a importância dos pais ou cuidadores conciliarem as atividades cotidianas com a atenção demandada pelos pequenos. “Estar atento e sempre disponível para seus filhos é um bom começo. Isso não implica permanecer à disposição em 100% do tempo, mas quando estiverem juntos, que seja com qualidade”. A certeza de que pode contar com os pais, fortalece na criança a sensação de segurança necessária para viver novas experiências, ajudando na capacidade de independência para vencer os inúmeros desafios que se apresentam, fundamentais para a sua formação. O pediatra também lista algumas estratégias simples para o crescimento saudável dos pequenos:

    1. Mantenha uma rotina de cuidados e laços estreitados com seu filho.
    2. Use recursos adequados à idade dele, como cores, texturas e sons.
    3. O exemplo é fundamental. Pais que leem para os filhos ou na frente deles, geram indivíduos mais comprometidos com a leitura.
    4. Estimule a imaginação e vivencie de forma lúdica os momentos de interação, criando personagens e incluindo elementos novos de forma improvisada. Isso contribui para ampliar a capacidade resolutiva da criança.
    5. Elogiar constrói e criticar pode agregar insegurança, levando a criança a incorporar essa característica à sua autoimagem e personalidade. Reforce o lado bom e tenha cuidado com as críticas, ainda que necessárias.

No caso de pais de primeira viagem, participar de um curso preparatório pode ser uma alternativa para obter instruções práticas e teóricas de especialistas no assunto e conquistar habilidade nos primeiros cuidados do bebê. Todos os meses, o curso de pais da Maternidade Santamaria ensina questões práticas como: o que deve ser levado para a maternidade, a primeira mamada do bebê, a forma correta para dar banho, trocar fraldas, fazer o curativo do umbigo, entre outras dúvidas. A enfermeira chefe do Centro Obstétrico, Karen Reis Carvalho, informa que durante o curso o casal é preparado por uma equipe multidisciplinar da maternidade do Hospital Português. “Profissionais preparados apresentam situações do dia a dia, indicando como solucioná-las para que os pais sintam-se seguros nos primeiros cuidados do recém-nascido e possam dedicar todo o seu afeto e atenção ao bebê nesse momento especial. Essa confiança ajuda a fortalecer desde cedo os vínculos entre pais e filhos”, destaca.