Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

Idosos requerem cuidados especiais para manter qualidade de vida — Hospital Português da Bahia

24 de julho de 2015

Idosos requerem cuidados especiais para manter qualidade de vida

24 July 2015

Atualmente, os idosos representam 10,8% da população do Brasil, segundo o IBGE. A conquista dessa maior expectativa de vida (74,9 anos) entre ambos os sexos encontra explicação em fatores como redução da taxa de fecundidade, melhor qualidade de vida e progressos na área médica no país. Por outro lado, situações relacionadas ao envelhecimento tornam-se comuns, como a maior incidência de quedas e de acidentes domésticos. De acordo com o Conselho Nacional dos Direitos do Idoso, esses problemas geram uma média aproximada de 93 mil internações por ano no país. Tais fatores servem de inspiração para a adoção de cuidados permanentes na terceira idade, sobretudo, neste 26 de julho, Dia dos Avós.

O líder da equipe de Ortopedia do Hospital Português, Dr. Nicolas Gerardo alerta para necessidade de prevenção do risco de queda, principalmente, em pessoas com mais de 60 anos. “Lesões em idosos, geralmente fraturas do fêmur e quadril, são frequentes e requerem tratamento especializado por poderem ocasionar desde dependência locomotora até mesmo o óbito. Logo, a prevenção sempre é o melhor remédio”, diz o ortopedista.

As causas para as quedas de idosos são diversas: excesso de medicamentos (que podem provocar vertigem e tontura), problemas de visão, problemas neurológicos, sedentarismo e falta de cuidados estruturais nas residências. “Alguns fatores de risco para as quedas não podem ser mudados, como o envelhecimento natural. Contudo, boa parte desses fatores podem ser eliminados ou reduzidos seguindo orientações simples como manter a casa bem iluminada, evitar o uso de tapetes e instalar corrimãos, principalmente nos banheiros para dar maior apoio”, orienta.