Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

Zika Vírus: causas, sintomas, tratamento e prevenção — Hospital Português da Bahia

28 de julho de 2015

Zika Vírus: causas, sintomas, tratamento e prevenção

28 July 2015

Febre, conjuntivite, dores e manchas no corpo são os principais sintomas do agente infeccioso que vem acometendo a Bahia atualmente, o Zika vírus. Segundo a Sesab, até o momento 33 mil casos da doença foram registrados no Estado, o que já caracteriza uma epidemia. Embora cause sintomas semelhantes aos da Dengue, o Zika vírus não provoca hemorragia e o paciente apresenta cura em um período mais rápido, cerca de quatro a sete dias.

A forma de transmissão mais comum do Zika vírus é pela picada do mosquito Aedes Agypti, mesmo transmissor da Dengue e Chikungunya. O infectologista do Hospital Português, Dr. Alessandro Farias, informa que o vírus circula pelo sangue e se multiplica. “Ainda que as chances sejam raras, há possibilidade de contágio de pessoa para pessoa através de transfusão de sangue ou na gestação durante o parto”, explica o especialista.

O tratamento para o Zika vírus é sintomático, ou seja, apenas ajuda a aliviar os sintomas. Assim, o infectologista orienta combater a proliferação do Aedes Agypti através da manutenção de ambientes livres de água limpa acumulada, local ideal para a reprodução do mosquito. “As larvas nascem e se criam em água limpa e parada, que representa o seu foco de reprodução. É preciso estar atento para eliminar esse ciclo de disseminação do vírus”.