Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

Gestão em Saúde — Hospital Português da Bahia

14 de dezembro de 2015

Gestão em Saúde

14 December 2015

O antigo código de Hamurabi, em 1754 a.C., sugeria como princípio de Gestão da Saúde a amputação das mãos dos médicos após um procedimento malsucedido. Essa agressão felizmente não é aceitável nos dias atuais com tamanha evolução dos conceitos de gestão; mas, a busca da excelência assistencial permanece como prerrogativa básica para todos os atores envolvidos no cuidado de saúde. Nesse sentido, o gerenciamento tem se mostrado um fator decisivo para a obtenção de melhores resultados no âmbito hospitalar, conforme ressalta o gerente técnico do Hospital Português, Dr. Mário Rocha. “É a chamada Governança Clínica, área que possui como um dos maiores desafios aliar inovação tecnológica e permanente renovação, sem esquecer a medicina personalizada”.

O gestor ressalta que alcançar esses objetivos requer entendimento sobre os custos de produtos e serviços, e a inflação destes (que é muito maior do que a sociedade de um modo em geral percebe). Outra barreira a ser vencida é saber gerenciar o aumento na utilização dos serviços de saúde pela população, provocada por múltiplas razões: envelhecimento populacional, maior prevalência de doenças crônicas, atos de vida menos saudáveis, menor tolerância às doenças, busca de qualidade de vida e medicalização dos problemas. Tais aspectos ainda são agravados pela judicialização do exercício profissional e seu impacto nas práticas médicas. “Diante da relevância dessas questões, é preciso que cada profissional apreenda os conceitos de gestão para utilização em sua prática diária. Com esse objetivo, o Hospital Português promoveu o I Curso sobre Princípios de Gestão em Saúde para colaboradores de diferentes áreas”.

A capacitação teve o apoio do Centro de Estudos do HP – Prof. Egas Moniz para a sua realização, bem como, para identificação do perfil de profissionais participantes e mensuração dos resultados alcançados. O coordenador do Centro de Estudos, Dr. Aquiles Camelier ressalta que para traçar o perfil do público participante e os impactos do treinamento, a área ajudou a desenvolver um estudo científico denominado “Impacto de curta duração no conhecimento sobre conceitos de gestão em saúde com ênfase em sustentabilidade”, que foi selecionado para apresentação no 3º Congresso Nacional de Hospitais Privados, realizado de 11 a 13 de novembro, em São Paulo. “O estudo revelou, dentre outros aspectos, que 39% dos participantes do curso nunca haviam assistido aulas sobre gestão em saúde e apenas 10% já concluíram um curso formal sobre gestão”, revela.

O estudo demonstrou ainda, que 99% do público classificou a iniciativa como excelente ou muito boa. Além disso, a aplicação de um questionário sobre conhecimentos específicos em gestão de saúde e sustentabilidade, antes da capacitação, revelou 49% de acertos dos participantes. Após a capacitação, o número de respostas corretas subiu para 72%, demonstrando a retenção de informações. Na avaliação de Dr. Aquiles o estudo comprovou não somente a relevância da capacitação, como também demonstrou uma lacuna em eventos deste escopo no Brasil. “Agora, o HP passa a ter como missão específica o desenvolvimento de conhecimentos sobre gestão em saúde entre os seus profissionais, especialmente, utilizando a própria experiência institucional, desenvolvida em mais de um século de trabalho e investimento em qualidade de gestão”.