Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

Dores nas costas — Hospital Português da Bahia

6 de janeiro de 2016

Dores nas costas

06 January 2016

Um dos principais motivos para a busca por consultórios e serviços de emergência de Ortopedia são as dores nas costas – problema que afeta cerca de 80% da população mundial pelo menos uma vez na vida, segundo a Organização Mundial de Saúde – OMS. As causas são diversas, por isso, nada melhor do que conhecê-las para evitar tamanho desconforto. A recomendação é do cirurgião da coluna vertebral e membro da equipe de especialistas da Emergência Ortopédica do Hospital Português, Dr. Djalma Amorim. O médico observa que a melhor qualidade de vida, as atividades físicas e os avanços da medicina têm proporcionado o envelhecimento populacional e, como consequência, hoje, as situações de degeneração e desgaste das estruturas relevantes na sustentação da coluna vertebral são frequentes. “Tão importante quanto prevenir os fatores de risco para surgimento da dor lombar é identificar os seus primeiros sinais e buscar um ortopedista. Além de evitar o agravamento dos sintomas, a avaliação adequada possibilita o diagnóstico preciso e o tratamento mais adequado para cada situação”, destaca.

Na origem da dor estão múltiplos fatores. Algumas publicações científicas têm observado o surgimento de dor lombar com certa frequência em pessoas da mesma família. Outros estudos têm investigado a relação genética com o aparecimento de hérnias de disco na coluna. As dores nas costas também estão associadas a diversos comportamentos relacionados à vida moderna. Nesse rol extenso estão situações comuns no dia a dia: má postura nas funções laborais, corridas sem calçados adequados ou em pisos irregulares, flexão prolongada do pescoço durante o uso de novas tecnologias (smartphones, tablets, computadores, etc.), falta de condicionamento físico e sedentarismo, trabalhos com equipamentos pesados como brocas vibratórias, manipulação de cargas pesadas, longos períodos sentado e sem base de apoio para os pés, por exemplo. “Tais situações têm motivado um número cada vez maior de afastamentos de profissionais do ambiente de trabalho e a busca por auxílio-doença no INSS”, ressalta Dr. Djalma Amorim.

Em muitos casos, a dor pode ter origem em partes do corpo distantes da coluna vertebral, como acontece nas cólicas renais, doenças ginecológicas, infecções, apendicites, aneurisma da aorta, infarto do miocárdio e estresse emocional, necessitando ser investigada por um especialista. “O acompanhamento médico das dores nas costas deve existir, principalmente, diante de febre, idade avançada, perda de peso não intencional e história familiar ou pessoal de doença oncológica”. Prevenir o problema requer seguir hábitos saudáveis cotidianos (alimentação balanceada, prática regular de exercícios e consultas médicas de rotina); aspectos que afastam, por exemplo, fatores de risco como o aumento da circunferência abdominal e a flacidez da musculatura abdominal e lombar. No Hospital Português, o tratamento clínico e cirúrgico das patologias da coluna vertebral é feito por ortopedistas especializados e experientes, com suporte de uma equipe multidisciplinar altamente qualificada na reabilitação do paciente. A Instituição dispõe ainda de toda a infraestrutura necessária para o diagnóstico ágil e seguro, tendo aparelhos de última geração em sua Unidade de Bioimagem. Fatores essenciais para o início terapêutico precoce e a recuperação plena do paciente.