Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

Os perigos do Diabetes Mellitus — Hospital Português da Bahia

23 de fevereiro de 2016

Os perigos do Diabetes Mellitus

23 February 2016

O açúcar presente na corrente sanguínea é a principal fonte de energia do organismo, entretanto, as taxas de glicose no sangue devem estar equilibradas. Esse controle é realizado pela insulina, hormônio produzido pelo pâncreas. A falta de insulina ou a incapacidade deste hormônio exercer o metabolismo da glicose acarreta o surgimento do Diabetes Mellitus – doença caracterizada pelo aumento anormal de açúcar no sangue (hiperglicemia) e que pode trazer várias complicações à saúde, como: excesso de sono no estágio inicial, cansaço, lesões de difícil cicatrização, infecções frequentes e alterações visuais.

Existem tipos diferentes de Diabetes. O Tipo1 é mais raro, sendo causado pela quantidade insuficiente ou qualidade deficiente de insulina. Afeta cerca de 5 a 10% dos pacientes com a doença. Já o Tipo 2 resulta da resistência do organismo à ação da insulina e ocorre em cerca de 90% dos portadores da patologia. O Diabetes Gestacional por sua vez, decorre da baixa tolerância à glicose. Diagnosticado pela primeira vez na gestação, pode ou não persistir após o parto. Uma em cada 20 grávidas pode sofrer desta forma de Diabetes.

Uma pessoa com alimentação desequilibrada, rica em gorduras, carboidratos, açúcares, produtos industrializados e pobre em vegetais, legumes e frutas têm mais propensão a desenvolver o diabetes. Sedentarismo, obesidade e tabagismo também são fatores de risco e, juntos, contribuem para o aparecimento da doença.