Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

Dia Mundial da Hemofilia reforça importância para doação de sangue — Hospital Português da Bahia

20 de abril de 2016

Dia Mundial da Hemofilia reforça importância para doação de sangue

20 April 2016

Você sabe o que é hemofilia? O distúrbio genético e hereditário tem como principal característica a dificuldade na coagulação sanguínea. Atualmente, existem mais de 400 mil hemofílicos em todo o mundo, sendo o Brasil o terceiro país mais acometido pela doença, segundo dados da Organização Mundial de Saúde – OMS. Para marcar a luta em prol da qualidade de vida dos hemofílicos e reforçar a importância da informação a respeito da causa, 17 de abril foi instituído como Dia Internacional da Hemofilia.

Os sintomas mais comuns da hemofilia são os sangramentos prolongados ocasionados pela falta de proteínas específicas no sangue, que são responsáveis pelo processo de produção dos fatores de coagulação. Estes sangramentos podem ser externos, envolvendo cortes na pele e manchas roxas, ou internos, atingindo músculos e articulações.  Os sangramentos podem surgir após um trauma ou mesmo sem nenhuma razão aparente.

O Dia Internacional da Hemofilia reforça também a importância da doação sanguínea para o tratamento de hemofílicos. É do sangue doado que se retira o plasma para a produção dos fatores de coagulação, distribuídos em doses injetáveis para pacientes hemofílicos. O procedimento de doação é rápido e bastante eficaz, com uma bolsa podendo beneficiar até quatro pessoas.