Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

Segurança Assistencial — Hospital Português da Bahia

5 de abril de 2016

Segurança Assistencial

05 April 2016

segurança assistencialA promoção da qualidade e segurança do cuidado no ambiente hospitalar é uma tarefa que diz respeito a profissionais de todas as áreas da instituição de saúde, e também ao próprio paciente e aos seus familiares. Alcançar essa conscientização requer investimentos em educação continuada, disponibilidade de tempo, dedicação e foco permanente nos resultados, na avaliação da assessora de Qualidade do Hospital Português (HP), Milena Torres. “Transformar teorias de gestão hospitalar em melhores práticas de assistência compartilhadas por todos requer informação, treinamento e a aprendizagem de que os resultados gerados trazem benefícios para cada um dos envolvidos”. Tendo como referência a metodologia da Organização Nacional de Acreditação – ONA, que resultou na conquista do selo de excelência em qualidade assistencial pelo HP, ela destaca como benefícios compartilhados: o aumento da credibilidade da Instituição e a valorização dos seus profissionais no mercado da saúde e na comunidade; além da maior segurança nas rotinas de cuidado e procedimentos administrativos com redução de riscos para o paciente.

Com base nessa experiência bem-sucedida, hoje, as equipes do HP se dedicam à meta de implantar padrões de qualidade internacionalmente reconhecidos, seguindo as normas de Acreditação Canadense (ACI)/Qmentum. Para envolver os profissionais, pacientes e seus familiares nesse objetivo, a Instituição investe na comunicação em treinamentos sobre segurança do paciente para formação e reciclagem de equipes, produção e distribuição gratuita de materiais educativos, formação de comissões de trabalho, atuação interdisciplinar de diferentes áreas, criação de canais de atendimento exclusivos para colaboradores e clientes, entre outras ações. “Essas estratégias visam aproximar os diversos públicos das práticas organizacionais exigidas (ROP´s), que são boas práticas definidas pela Qmentum para elevar a segurança e qualidade no ambiente hospitalar”, informa.

Para dispor da participação de pacientes e seus familiares na geração de melhorias relacionadas à assistência hospitalar, o HP mantém ainda uma escuta atenta sobre o que eles dizem dos procedimentos internos e sobre como entendem o seu papel na promoção da segurança. A Instituição também disponibiliza material educativo baseado em ROP´s, como: Papel do Cliente e Familiares na Segurança, Prevenção de Eventos Sentinela (situações inesperadas que podem gerar danos graves e irreversíveis ao paciente), Prevenção do Risco de Quedas e Identificação do Paciente. Esses recursos visam preparar cada ator para reconhecer e notificar inconformidades relacionadas ao cuidado do paciente, colaborando para a prevenção.

“A família e o próprio paciente são nossos grandes aliados na promoção da excelência assistencial e podem desempenhar tal papel ao serem incluídos neste processo. Fornecemos esclarecimentos desde o primeiro acesso ao Hospital para que possam contribuir”. Com este objetivo, o Manual do Paciente e do Acompanhante do HP orienta ambos os públicos durante a permanência na Instituição, mostrando a importância do paciente e da família no processo de hospitalização e os seus direitos e deveres. “O nosso Hospital tem o aperfeiçoamento contínuo como fundamento para a conquista e preservação da excelência dos serviços. Por isso, todos os envolvidos no cuidado do paciente são relevantes. Buscamos promover essa conscientização através do acesso à informação”, conclui.

Revista Imagem Real Abril – 2016

http://www.hportugues.com.br/imprensa/revista-imagem-real