Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

Tireoide — Hospital Português da Bahia

6 de maio de 2016

Tireoide

06 May 2016

As patologias da tireoide, relacionadas à alteração da produção hormonal (hipo ou hipertireoidismo) ou decorrentes do surgimento de nódulos na glândula, são cada vez mais comuns nas populações baiana e brasileira, em geral. O Instituto Nacional do Câncer – INCA já coloca o tumor de tireoide entre os 5 tipos mais comuns em mulheres, e a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – SBEM estima que as disfunções hormonais da glândula ocorram em uma parcela significativa da população adulta – 10% das mulheres e 3% dos homens. Acolhendo a demanda da comunidade por acompanhamento especializado nessa área, o Hospital Português (HP) se destaca como um dos principais centros de tratamento das patologias de tireoide nas regiões Norte e Nordeste do país. Para o presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia da Bahia (SBEM-BA) e especialista do Serviço de Endocrinologia do HP, Dr. Joaquim Custódio esse aperfeiçoamento contínuo é essencial à evolução da assistência ao paciente. “A medicina tem avançado bastante nos últimos anos, oferecendo recursos mais eficazes e seguros para o diagnóstico e tratamento das disfunções da tireoide. Logo, a reciclagem de conhecimentos por profissionais e instituições é primordial”.

Nesse sentido, a equipe multiprofissional da Instituição, composta por endocrinologistas, médicos nucleares, cirurgiões de cabeça e pescoço, radiologistas e patologistas, atua de forma integrada e sintonizada com as principais inovações tecnológicas, tais como: modernos exames de imagem, avaliações tradicionais com equipamentos de ponta (ultrassonografia, tomografia computadorizada e ressonância nuclear magnética), além de exames avançados como o PET-CT, que exercem papel relevante na avaliação de cânceres mais agressivos de tireoide.

A cintilografia da glândula e a pesquisa de corpo inteiro são outros métodos diagnósticos modernos empregados no Hospital. Dr. Joaquim explica que um grande avanço diagnóstico é a análise genética dos nódulos da tireoide, método que define com grande precisão a necessidade ou não de remover nódulos por via cirúrgica. Esta avaliação é indicada nos casos incertos de exame dos nódulos de tireoide (cerca de 30%), realizados com punção por agulha fina, mas que não concluem se o tumor é benigno ou maligno. “O Hospital Português é um dos pioneiros na Bahia a disponibilizar essa ferramenta eficaz de Biologia Molecular que contribui enormemente para a definição terapêutica, a segurança e o conforto do paciente”.

Nas situações em que há indicação cirúrgica, a Instituição disponibiliza aparelhos modernos para cirurgias minimamente invasivas, com monitoramento de nervos laríngeos. Para o especialista, esta tecnologia permite uma abordagem muito mais segura, com menor tempo cirúrgico e risco reduzido de complicações. “Em casos específicos, a cirurgia radioguiada proporciona precisão na abordagem de lesões mais difíceis. Estes recursos expressam a busca constante do HP por atualização de tecnologias e acompanhamento das principais inovações mundiais na área de diagnóstico e tratamento dos problemas da tireoide”, ressalta.

Quarto Terapêutico

O Hospital Português é uma das poucas instituições na Bahia a dispor do chamado “Quarto Terapêutico” em seu Serviço de Medicina Nuclear. Um recurso essencial ao isolamento humanizado de pacientes submetidos à terapia complementar do câncer de tireoide com iodo radioativo. Trata-se de um ambiente especial, blindado e criteriosamente planejado para atender as necessidades de cuidado (físico e emocional) do paciente, conforme as normas de radiosegurança. “Durante a iodoterapia, o paciente é acolhido nesse quarto especial até a alta hospitalar. Em aproximadamente 90% dos casos, há um alto percentual de cura”, conclui.

Revista Imagem Real Maio – 2016

http://www.hportugues.com.br/imprensa/revista-imagem-real