Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

Prevenção da Obesidade — Hospital Português da Bahia

27 de setembro de 2016

Prevenção da Obesidade

27 September 2016

balançaEntre os principais fatores responsáveis pelo desenvolvimento da obesidade estão os aspectos genéticos, hormonais e psicológicos; dieta rica em gordura, carboidrato e álcool; além do sedentarismo. No caso das mulheres, a gravidez e a menopausa também podem contribuir para o aumento de gordura armazenada no corpo. Doenças cardiovasculares, respiratórias, pulmonares, gastrointestinais, urinárias, reprodutivas, hérnias, diabetes, são alguns exemplos de patologias ocasionadas pela obesidade. Outras consequências comumente enfrentadas pelos portadores da doença são o preconceito, o isolamento social, a depressão e a perda de autoestima.

Uma pesquisa realizada pela Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel, 2012), divulgada pelo Ministério da Saúde, mostra que 51% da população brasileira está acima do peso. Foi a primeira vez que o percentual de pessoas acima do peso superou a metade da população do país. Em Salvador, o índice de adultos brigando contra a balança é de 47,3%, sendo que em 2006 essa porcentagem era de apenas 14,1%. Outro número que também aumentou na capital baiana foi o de obesos, passando de 9,8% para 14,1%, em um período de apenas sete anos.

Fuja destas estatísticas!

A prevenção do sobrepeso é a melhor forma de evitar a obesidade. Priorize uma alimentação saudável, com frutas, legumes, verduras, grãos, etc.; pratique exercícios físicos regularmente, durma bem e mantenha o estresse sob controle. A obesidade é uma doença, e não apenas uma questão estética.