Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

Prevenção do câncer de próstata — Hospital Português da Bahia

9 de novembro de 2016

Prevenção do câncer de próstata

09 November 2016

Prevenção do câncer de próstata

A cada ano, a campanha de rastreamento do câncer de próstata, Novembro Azul, ganha mais importância e visibilidade entre a população. A iniciativa coloca a saúde do homem em evidência para conscientizar o público masculino sobre a relevância de ir ao médico. Em 2016, aproximadamente 61 mil brasileiros receberão o diagnóstico de câncer de próstata, de acordo com o Instituo Nacional de Câncer – INCA. Já estatísticas americanas apontam que 1 em cada 6 homens deve desenvolver a doença. Especialista do Centro de Oncologia do HP, Dr. André Bacelar responde as perguntas mais frequentes sobre o assunto, buscando estimular a prevenção e a detecção precoce do câncer de próstata. Confira a entrevista!

1. Como as disfunções da próstata podem afetar a saúde masculina?

A próstata é uma pequena glândula localizada na pelve masculina e sua principal função é produzir parte do sêmen. Com o envelhecimento, seu crescimento pode trazer alguns problemas ao homem, como a hiperplasia benigna ou o câncer de próstata. A hiperplasia pode causar sintomas urinários desconfortáveis no paciente, muitas vezes facilmente manejáveis pelo urologista. Ao contrário, o câncer geralmente não causa sintomas nas fases iniciais e, quando não diagnosticado, pode se espalhar para outros órgãos e ser fatal.

2. Quais as vantagens de fazer o exame de próstata?

Quando detectamos precocemente o câncer na próstata, a chance de cura aumenta em mais de 95%. Essa estratégia, mais difundida desde os anos 90, vem ajudando a reduzir os casos mais avançados deste câncer e aumentando a chance de cura, consideravelmente.

3. Em que momento o homem deve fazer esse exame?

Hoje, recomendamos que a partir dos 50 anos todo homem realize o exame de sangue para avaliação do PSA (Antígeno Prostático Específico) e o toque retal com o seu urologista. Quem tem histórico familiar de câncer prostático, deve iniciar o rastreamento mais precocemente, aos 45 anos.

4. Como é feito o tratamento?

Hoje, conhecemos muito melhor a natureza desta doença, e que uma boa parte tem crescimento lento, o que permite que individualizemos o tratamento de acordo com o subtipo do tumor, priorizando sempre a saúde do homem como um todo. É importante frisar que o sucesso do tratamento depende do envolvimento da equipe multidisciplinar e do contato próximo dos especialistas (urologista, oncologista, radioterapêuta, radiologista, entre outros).

5. Como são feitas a prevenção e terapia do câncer de próstata no Hospital Português?

No HP, dispomos de todo o arsenal diagnóstico e terapêutico para o combate à esta doença, desde a biópsia guiada e variados exames radiológicos e de medicina nuclear, até refinadas técnicas cirúrgicas, modernos aparelhos de radioterapia, além das modernas opções de hormonioterapias e quimioterapias. No Centro de Oncologia (2º andar do Centro Médico) é possível contar ainda com a assistência de diversos profissionais de saúde especializados na área – enfermagem, psicologia, nutrição – visando uma assistência global, já que o câncer de próstata e seu tratamento podem impactar bastante na qualidade e nos hábitos de vida do paciente.

Revista Imagem Real – Novembro 2016
http://www.hportugues.com.br/imprensa/revista-imagem-real