Notícias Fique por dentro das novidades

Internação clínica e cirúrgica — Hospital Português da Bahia

7 de junho de 2018

Internação clínica e cirúrgica

07 June 2018

O número médio de dias que os pacientes permanecem internados no hospital é um dos indicadores clássicos da eficiência dessas instituições de saúde; portanto, um meio de avaliação utilizado pelos órgãos reguladores. A partir da análise desse dado essencial de desempenho, é possível identificar o nível de desenvolvimento das rotinas assistenciais e os investimentos relacionados à gestão eficiente do leito hospitalar. No Hospital Português, Instituição de referência em procedimentos de alta complexidade, o monitoramento do tempo médio de internação, associado a melhores práticas integradas, tem otimizado o processo de desospitalização de pacientes clínicos e cirúrgicos. “Nossa taxa média de internação é de cinco dias. Um desempenho considerado de excelência, que otimiza o giro de leitos de internação e reflete o emprego de melhores práticas no dia a dia hospitalar”, destaca o gerente técnico do HP, Dr. Mário de Seixas Rocha.

De acordo com o gestor, esta performance se deve ao forte investimento em aprimoramento contínuo realizado pelo HP, ao longo da última década. A Instituição padronizou os processos de cuidado do paciente, implantando ações de qualidade e segurança internacionalmente reconhecidas pela Acreditação Qmentum; modernizou o sistema de gestão hospitalar, implantou políticas de redução do risco de eventos adversos, e capacitou equipes para o uso rotineiro de protocolos de conduta assistenciais (cirurgia segura, identificação do paciente, controle de infecções, sepse, dentre tantos outros), criou setores específicos para a gestão do leito hospitalar e supervisão do fluxo cirúrgico, dentre outras iniciativas. “Todas essas medidas impactam na qualidade do cuidado e beneficiam o paciente, de modo significativo, durante o processo de reabilitação da saúde”, destaca Dr. Mário.

Com uma clientela mista, sobretudo idosa, o HP disponibiliza equipes multidisciplinares altamente qualificadas e uma infraestrutura moderna no acolhimento das demandas da comunidade. A capacidade da Instituição para atendimentos clínicos e cirúrgicos (de urgência, emergência e eletivos) inclui: 498 leitos, centro cirúrgico moderno equipado com 10 salas, mais de 50 especialidades médicas e um time de referência em saúde. “São esses diferenciais que otimizam a hospitalização do paciente, proporcionando alto desempenho institucional e os melhores resultados”, conclui. Por ano, o HP realiza uma média de 21,5 mil procedimentos cirúrgicos (incluindo aqueles realizados no centro obstétrico da Maternidade Santamaria), 18,4 mil internações, 13 mil consultas ambulatoriais, 67,4 mil atendimentos de urgência e emergência médica, além de 1,1 milhão de exames de baixa, média e alta complexidade.