Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

Gestante foliona: atenção com o bem-estar é essencial

15 de fevereiro de 2019

Nem mesmo a descoberta da gestação ou o avanço da barriga é capaz de afastar as foliãs de carteirinha das comemorações do Carnaval. Atrás do trio, em camarotes ou na pipoca, quem nunca se deparou com uma mulher grávida em plena folia? No entanto, para que as futuras mamães possam desfrutar da alegria da festa, sem comprometer a própria saúde e a do bebê, alguns cuidados prévios são fundamentais. De acordo com o coordenador médico da Maternidade Santamaria, Dr. Leomar Lyrio, o principal deles é manter as avaliações médicas do acompanhamento pré-natal em dia. Nesta entrevista, o obstetra ressalta atitudes que toda a gestante foliona deve seguir para curtir o melhor da festa. Confira!

1. Gestante também pode curtir os dias de Carnaval?

Sim, desde quando haja segurança para o binômio mãe e filho.

2. A idade gestacional influencia essa permissão médica?

Sim. No início e no final da gravidez sempre existe um risco maior. No primeiro trimestre, período de implantação do saco gestacional, há um risco maior de descolamento do óvulo fecundado, podendo levar a uma ameaça de abortamento e até mesmo ao próprio abortamento. No terceiro trimestre, são comuns as síndromes hemorrágicas, principalmente causadas por trauma abdominal, sendo a mais comum o descolamento placentário. Diante deste evento, caso não haja uma assistência imediata, pode acontecer desde um óbito fetal, intrauterino, até mesmo um óbito materno, por hemorragia intensa. Nos dias de hoje não têm sido muito frequente, mas pode ocorrer.

3. Há alguma restrição relacionada ao local escolhido para curtir a festa: atrás do trio, em camarotes ou na pipoca?

Caso a gestante queira “curtir” o carnaval, em minha opinião, o lugar mais seguro seria realmente em um camarote. Neste ambiente dificilmente ela está sujeita aos traumas. Recomendo que procure sempre um horário de menor movimento para chegar e sair, pois, como sabemos, o acesso a estes ambientes é sempre em meio às grandes multidões. Atrás do trio elétrico e na pipoca, nunca.

4. Qual a sugestão para a grávida que quer evitar a exposição na folia?

Durante este evento, principalmente em nossa cidade, sugiro que a gestante procure viajar e relaxar em uma boa praia, campo e até mesmo em uma cidade bem pacata, fazendo deste momento um encontro prefeito entre a serenidade e o bebê. Assim, tenho certeza que ambos estarão em paz.

5. Quais as orientações para a grávida foliã poder aproveitar a festa com saúde e segurança?

Se optar em por uma olhadinha na folia, a gestante deve:

1. Sair nos momentos em que a temperatura esteja mais amena.

2. Ingerir bastante líquido quando sair, evitando bebidas alcoólicas.

3. Usar roupas bem leves.

4. Frequentar trechos onde a folia é mais calma e de melhor acesso.

5. Nunca se deslocar sozinha. Procurar sempre a companhia de quem possa lhe proteger ao máximo.

6. A proteção ao abdômen tem que ser total.

Clique no link abaixo e leia a Revista Imagem Real de Fevereiro/19 completa:
http://www.hportugues.com.br/imprensa/revista-imagem-real