Notícias Fique por dentro das novidades e eventos

1º Simpósio de Cardiologia do HP

10 de agosto de 2019

As contribuições das inovações tecnológicas para a geração de estratégias menos invasivas e mais eficazes no tratamento de problemas cardiológicos presentes na população brasileira, estiveram no centro das discussões do 1º Simpósio de Cardiologia do Hospital Português (HP), realizado no dia 5 de julho, no auditório da Instituição. O encontro reuniu cardiologistas expoentes, com atuação nos diferentes serviços especializados do HP, proporcionando um olhar global acerca do uso de novas tecnologias e dos principais avanços da especialidade. As discussões foram acompanhadas por mais de 230 participantes, entre profissionais e estudantes da saúde, que realizaram inscrições solidárias, proporcionando a arrecadação de 370 pacotes de leite em pó, para doação a uma instituição beneficente de Salvador.

Membro da comissão organizadora do evento e vice-coordenador da Unidade Coronariana do HP, Dr. Marcos Barojas avalia que a programação científica cumpriu o propósito de traçar um panorama sobre o que há de mais moderno na prática cardiológica atual. “O aumento contínuo de problemas cardiovasculares na população brasileira e mundial vem exigindo respostas cada vez mais eficientes da Cardiologia, no que tange à prevenção e ao tratamento de cardiopatias. No encontro, os especialistas puderam compartilhar os seus conhecimentos e experiências sobre soluções cardiológicas avançadas, que vêm aperfeiçoando a prática de cuidado centrado no paciente, e que já são realidade  no HP”, destaca o cardiologista.

Especialista em estimulação cardíaca artificial e integrante do Serviço de Arritmia do HP, pioneiro na técnica de estimulação do feixe de His, Dr. Alexsandro Alves Fagundes abriu as discussões do encontro, compartilhando a experiência vanguardista e bem-sucedida da equipe de Arritmia do HP no uso desta técnica inovadoraapresentada no evento como “uma nova fronteira no tratamento da insuficiência cardíaca”.

Outros avanços significativos da área ganharam destaque nas apresentações dos demais palestrantes convidados, como a “ablação de arritmias cardíacas por cateter com mapeamento eletroanatômico”, “intervenção coronária percutânea: papel de métodos anatômicos ou funcionais”, “cirurgia cardíaca em pacientes com idade avançada – enfrentamento de uma realidade inexorável”, e nas discussões sobre o “tratamento de doenças cardíacas estruturais por intervenção – estudo baseado em casos”.