Notícias Fique por dentro das novidades

Memória: Dr. Otoni Raimundo vai deixar saudades

4 de setembro de 2020

Nas dependências do Hospital Português, pacientes e colaboradores recordam com muito carinho das sessões itinerantes que o coral Canto Real faz com muita alegria, principalmente nas datas festivas, como o Natal. Com seu violão, o neurocirurgião e médico assistente da Gerência Técnica, Dr. Otoni Raimundo Costa Filho, se juntava ao pequeno coral e distribuía simpatia por onde passava. E é assim que ele vai permanecer na memória de todos que o acompanharam nessa jornada.

No dia 30 de julho, Dr. Otoni partiu e deixa saudades. Para os amigos e colegas de trabalho, ficarão as recordações. “Nas festividades do hospital, era sempre um agregador. Dr. Otoni começou no HP fazendo parte da equipe de neurocirurgia e sempre teve uma desenvoltura dentro da sua especialidade que exercia com muita competência. Ele tinha também uma capacidade musical extraordinária e sempre desenvolvia atividades na área artística”, lembra Dr. Vicente Araújo, superintendente Médico do HP.

Segundo o superintendente Médico, depois que encerrou suas atividades cirúrgicas, Dr. Otoni passou a integrar a área administrativa do Hospital. “Ele passou para assistente da Gerência Técnica. Ele tinha uma habilidade muito importante no direito médico, com participação da Comissão de Ética do hospital. Ele dava apoio à assessoria jurídica e também integrava o Comitê de Compliance do HP. Dr. Otoni levava muito sério essa questão da ética. Elaborou comigo grande parte do Código de Ética e Compliance. Sempre teve seriedade no que fazia. E todos nós que trabalhávamos com ele destacávamos o caráter dele. Lisonjeia-me muito ter trabalhado com ele por ser uma pessoa com o caráter ilibável. Era um colega extraordinário e desempenhava sua função com muita segurança e franqueza.”, descreve Dr. Vicente Araújo.

Natural de São João Del Rei, Minas Gerais, Dr. Otoni se formou em medicina na década de 1970. Era casado e tinha filhos.