Notícias Fique por dentro das novidades

Acreditação Hospitalar — Hospital Português da Bahia

15 de fevereiro de 2006

Acreditação Hospitalar

15 February 2006

Acreditação HospitalarEntrevista com Fábio Leite Gastal, Superintendente da Organização Nacional de Acreditação.

Qualquer empresa do setor de saúde pode ser acreditada?
Por enquanto, o processo de acreditação é voltado para serviços de saúde, ou seja, para aquelas organizações que prestam algum tipo de serviço de saúde ao cidadão. Ao falarmos de empresas de saúde, abordamos um leque muito grande de entidades. Atualmente a acreditação é voltada para hospitais, laboratórios clínicos, serviços de hemoterapia, serviços de nefrologia e terapia renal substitutiva e clínicas. Ou seja, organizações prestadoras de serviço de saúde que têm como atividade fim o atendimento e o cuidado a pessoas que buscam serviço assistencial ou auxiliar para a identificação de problemas de saúde. Para o futuro, pretendemos expandir para os planos de saúde e redes de sistemas.

Existem três tipos de certificados que podem ser obtidos, que é a acreditação, a acreditação plena ou a acreditação plena com excelência. O que diferencia cada um deles?
No nível 1, da acreditação, o que será avaliado é a segurança dos processos assistenciais para o paciente e para os profissionais que trabalham nas organizações. A palavra chave é segurança. A organização mostra que ela realiza todos os seus processos com o rigor e a segurança necessária exigida pelas normas sanitárias e técnicas e pelas boas práticas assistenciais. O nível 2, da acreditação plena, é um passo além. A organização cumpre os requisitos do nível 1 e utiliza uma lógica de processos, protocolos clínicos e toda uma estratégia de padronização dos processos assistenciais, administrativos e gerenciais. A organização de nível 3, com acreditação plena com excelência, além de ser segura com processos padronizados, ela apresenta também ciclos de melhoria compactos sistêmicos e uma gestão voltada para excelência, ou seja, ela tem estratégias de benchmarking, indicadores comparativos de desempenho, processos de ciclos de melhoria nos quais se observa tendência e resultados positivos. Enfim, pode se dizer que tem uma gestão orientada para excelência como os critérios do PNQ.

Quais seriam a importância e as vantagens de ser uma entidade acreditada?
O fundamental da acreditação é a criação de uma mentalidade voltada para a qualidade dos serviços prestados à população. O setor saúde ainda tem, comparado com a área empresarial, uma tradição incipiente em termos de gestão. As tecnologias de gestão mais avançadas ainda não penetraram amplamente no setor saúde. A acreditação é uma estratégia educativa e que busca levar de uma forma acessível e prática a lógica da qualidade e da melhoria contínua para as organizações de saúde e com isso garantir uma assistência mais qualificada para a população. Enfim, que os serviços no Brasil, pelo menos nos próximos anos, não sejam tão desiguais. Temos hoje no país serviços de excelente qualidade, comparáveis ao que existe de melhor no mundo, e por outro lado nós temos serviços de baixíssima qualidade e pouca segurança para o paciente. A idéia é construir um sistema mais harmônico de saúde para a população. Por exemplo, acontecendo um acidente em qualquer lugar do Brasil, o paciente de um hospital acreditado poderá saber que em termos de regras básicas aquele local tem o mesmo padrão das melhores organizações do país.

Há, então, diversos níveis que precisam ser passados para atingir a certificação maior?
Para chegar ao nível 3, é preciso cumprir todos os requisitos dos outros estágios. É sempre cumulativo. O nível de exigência e de complexidade aumenta. Se trabalhássemos pelo critério de pontuação média, poderíamos ter áreas de altíssimo desempenho e outras com níveis baixos, mas que resultaria em uma boa média. Mas na saúde trabalhamos com a lógica do elo mais fraco. Não adianta ter um centro cirúrgico sofisticado e altamente qualificado, mas, por exemplo, ter roupas que vêm contaminadas da lavanderia, pois o setor não foi atualizado. Isso é importante em qualquer organização, mas no setor saúde é mais crítico, pois há os riscos de infecção hospitalar e outros riscos para a segurança do paciente, que sempre precisam ser analisados.

Como tem evoluído no Brasil o processo de acreditação nos serviços de saúde?
Atualmente temos 66 organizações de saúde certificadas sendo 50 hospitais, 11 laboratórios clínico, 03 serviços de hemoterapia, 01 serviço de nefrologia e terapia renal substitutiva e 01 serviço ambulatorial, terapêutico e/ou pronto atendimento. Cabe destacar também que aproximadamente 300 organizações de saúde realizaram diagnóstico organizacional, ou seja, uma avaliação prévia sem fins de certificação. Portanto, podemos afirmar que a Acreditação é um método atualizado de gestão, específico para o setor saúde, utilizado oficialmente por 400 organizações de saúde.

Histórico da Acreditação

1990 – Surgem, em São Paulo, os primeiros movimentos de acreditação de serviços de saúde no Brasil;

1998 – É elaborada a primeira versão do Manual Brasileiro de Acreditação de Hospitais;

2001 – É certificada com a qualificação de Acreditada, a primeira Organização Prestadora de Serviços Hospitalares através da metodologia do Sistema Brasileiro de Acreditação;

2004 – No final de 2004, o Hospital Português contratou o Instituto Qualisa de Gestão, empresa credenciada junto a ONA para realizar a Acreditação;

2005 – No princípio de março, foi realizada a visita de Avaliação da Qualisa, quando foi apresentado o Diagnóstico Inicial. Nos dias 13 e 14 de outubro, o Hospital Português foi avaliado pela Qualisa, de acordo com as diretrizes da ONA e apresentou conformidade com os requisitos do Manual Brasileiro de Acreditação de Organizações Prestadoras de Serviços Hospitalares, sendo considerado Acreditado. Em dezembro de 2005, o Hospital Português recebeu o certificado de qualidade, tornando-se a primeira instituição hospitalar filantrópica e de grande porte a ser Acreditada no Norte / Nordeste.

2006 – No início do mês de julho de 2006, está prevista a visita da Qualisa, para Manutenção do Certificado de Acreditação, que é válido até 07/11/2007.