Notícias Fique por dentro das novidades

Verrugas são transmitidas com simples contato — Hospital Português da Bahia

22 de novembro de 2010

Verrugas são transmitidas com simples contato

22 November 2010

Verrugas são transmitidas com simples contatoMuitas vezes motivo de incômodo e constrangimento, as verrugas são dermatoviroses causadas por vírus da família Papiloma Vírus Humano – HPV (vírus que pode causar também tumores malignos no colo do útero ou no pênis). A infecção viral acontece na camada mais superficial da pele ou membranas mucosas. O contato com o vírus causador pode variar desde um apertar de mãos até uma relação sexual. Também é possível a transmissão através de objetos.

As verrugas podem surgir em qualquer lugar do corpo, sendo mais comuns nas mãos e pés. “A verruga se adquire no ambiente, geralmente quando a imunidade está baixa. O grau de infectividade é alto nas verrugas genitais e baixo nas verrugas comuns e plantares”, explica a dermatologista Dra. Danielle Pinto.

Segundo a médica, o aspecto da verruga varia de acordo com o local acometido. Elas são, usualmente, da cor da pele e ásperas ao toque, mas podem, também, ser escuras, planas e macias. Geralmente as únicas que incomodam são as plantares (na sola dos pés).

Além de plantares, as verrugas podem ser classificadas como vulgares (crescem em volta das unhas, nos dedos e no dorso das mãos. São mais comuns nas regiões de pele submetidas a traumas frequentes, por exemplo, onde as unhas são aparadas/roídas ou as cutículas retiradas); planas (são menores e mais macias que os demais tipos de verrugas e tendem a crescer em grande número – 20 a 100 ao mesmo tempo. Podem ocorrer em qualquer região do corpo, mas em crianças são mais encontradas na face. Nos adultos são geralmente localizadas nas regiões da face cobertas por barbas, em homens, e nas pernas, em mulheres. A irritação da pele devido ao ato de raspar pelos com lâminas pode contribuir para o surgimento nas áreas citadas) e genitais (também conhecidas como condilomas, tendem a ser pequenas, macias e planas, mas podem, também, se apresentar como lesões delgadas e volumosas. Podem ocorrer na genitália, dentro da vagina, no colo do útero, na região perianal (ao redor do ânus) ou no reto. Os vírus que causam verrugas genitais raramente as causam nas mãos ou pés, mas podem ocasionar verrugas na região oral (boca). Para evitar as verrugas genitais, é muito importante usar métodos preventivos, como por exemplo, o uso de preservativos.

Existem tratamentos para a verruga, que vão desde o tópico domiciliar até o tratamento em consultório (eletrocoagulação, cauterização ou crioterapia). Nas crianças, geralmente, as verrugas desaparecem espontaneamente. Já nos adultos, não somem tão facilmente. Mulheres portadoras de verrugas genitais têm, também, chance aumentada de desenvolver câncer de colo do útero. Por essas razões, todos os adultos com verrugas genitais devem ser submetidos a tratamento. E as mulheres devem realizar rotineiramente o exame citológico (Papanicolau), mesmo após o tratamento das verrugas.